Portais da Cidade

Notcias na 25 de maro

Listando: 1 5 de 1361
Realme divulga planos para o Brasil e promete fabricação local

Marca de celulares Realme estreará no Brasil em dezembro; produção local e vendas por canais online estão nos planos

A chinesa Realme confirmou sua chegada ao Brasil há duas semanas. A companhia tem planos de longo prazo para o país, que incluem, além da venda dos smartphones que tornaram a marca conhecida internacionalmente, a oferta de gadgets como os fones Buds Q. A fabricação local de celulares também está nos planos.

É o que revela Sherry Dong, diretora de marketing, em entrevista ao Mobile Time. Quando questionada sobre os motivos da Realme apostar no mercado brasileiro em um momento em que o país passa por uma crise, a executiva explicou que o Brasil é um mercado-chave por ter grande influência sobre a América Latina.



Realme 7 Pro (imagem original: Realme)
Foto: Tecnoblog

O tamanho do mercado brasileiro também é interessante para a companhia. Dong enfatiza que o Brasil tem 140 milhões de usuários de smartphone e potencial para fazer esse número aumentar para 157 milhões. Para atrair esse público, a Realme apostará no custo-benefício e promete "a melhor experiência em cada faixa de preço".

Contribui para o fator preço a produção local. Sherry Dong confirma que a Realme planeja produzir dispositivos em território brasileiro, mas isso em uma fase futura. Para a estreia — prevista para dezembro —, a companhia trará dispositivos importados.

As vendas serão baseadas em canais online. Dong revela ao Mobile Time a intenção de comercializar os dispositivos Realme em plataformas como Mercado Livre, B2W (Submarino, Americanas.com, Shoptime) e Amazon. Para a executiva, essa abordagem permitirá "que a Realme ofereça um preço de venda sem precedentes aos consumidores".

Dong não informa quais smartphones estarão disponíveis para a estreia da marca no Brasil, mas reforça que, além de smartphones — só para constar, o Realme 7 passou recentemente por homologação na Anatel —, a companhia lançará mais de 20 produtos AIoT em 2021 no mercado brasileiro.

Esses gadgets combinam internet das coisas com inteligência artificial. Entre eles estarão os fones Bluetooth Realme Buds Q, que têm peso de apenas 3,6 g autonomia de até 20 horas.

Para quem está por fora do assunto, a Realme é uma marca chinesa de smartphones que surgiu em maio de 2018. A empresa já existia antes disso, mas como subsidiária da Oppo. O primeiro celular da marca como negócio independente foi o Realme 1, modelo lançado na mesma época.

(Fonte: Emerson Alecrim - Tecnoblog) - 23/11/2020
Simples buscas durante a navegação podem causar grande arrependimento

Seu ídolo pode ameaçar o seu computador

Quem nunca ficou a deriva navegando e entrando em sites e páginas desconhecidos? Geralmente atraídos por assuntos ou pessoas que admiramos, nós todos temos a tendência de matar a curiosidade na hora. Aí o que parecia inofensivo passa a vasculhar os seus dados e até prejudicar você. Recentemente uma isca prejudicou muita gente. Durante esta pandemia, alguns nomes serão inesquecíveis para a Tecnologia.



Foto: Divulgação

Cristiano Ronaldo lidera a lista das dez celebridades mais perigosas deste ano, mas não quando o assunto é futebol, mas sim ameaça digital. Durante meses de confinamento, em busca de entretenimento, entre eles filmes, programas de TV e música, as pessoas se divertem sem custos extras. Custos, que podem virar uma catástrofe já que aumentam a cada dia os ataques cibernéticos associados a conteúdo gratuito da Internet. Foi feita uma pesquisa com indivíduos famosos para saber aqueles cujos resultados de pesquisas trazem conteúdo malicioso para expor informações pessoais dos fãs. E acreditem...muitos caem na rede. Na Índia, Cristiano Ronaldo encabeça o ranking deste novo perigo, está em primeiríssimo lugar. Segundo a lista, o jogador de popularidade internacional, tem muitos seguidores devotos de cada movimento seu. Iscas fáceis.

Fique atento a quem seus filhos seguem, mas principalmente aos recursos de proteção de sua rede. Proteja os seus dados e navegação com o Terra Antivírus, que oferece um pacote ideal para você. Fique seguro!

(Fonte: Anna Paola Fragni) - 23/11/2020
Xiaomi Mi 11 deve ter Snapdragon 875 e câmera tripla de 108 MP

Xiaomi Mi 11, possível sucessor do Xiaomi Mi 10, deve ser anunciado com Qualcomm Snapdragon 875 e câmera tripla de 108 MP

Detalhes do Xiaomi Mi 11 vieram a público antes mesmo de seu anúncio oficial. De acordo com o Mishaal Rahman, do XDA-Developers, nesta quarta-feira (18), o próximo celular da Xiaomi deve sair da caixa com o processador Qualcomm Snapdragon 875, sucessor do Snapdragon 865, e câmera tripla de 108 megapixels em sua ficha técnica.

As principais especificações do celular chinês, também reconhecido pelo codinome "venus" e modelo "K2", foram reveladas em uma publicação do Twitter. Um dos detalhes antecipados é a presença do processador Qualcomm Snapdragon 875 no telefone. Espera-se que o chip seja o sucessor do Qualcomm Snapdragon 865, do Xiaomi Mi 10.

Reforços em fotos são igualmente esperados. Acredita-se que o Mi 11 terá conjunto fotográfico triplo, com câmera principal de 108 megapixels e zoom de 30x. Além disso, as laterais curvas devem marcar presença, ao contrário do que é esperado para o Samsung Galaxy S21 e Galaxy S21+, que devem adotar a tela plana em janeiro de 2021, com exceção do Galaxy S21 Ultra.

Xiaomi Mi 11: quando e quanto?
Ainda não há previsão de data de lançamento do Xiaomi Mi 11. A expectativa é que a fabricante de celulares chinesa revele o smartphone premium no ano que vem, possivelmente no começo de 2021. A Xiaomi ainda deve apresentar uma opção mais avançada do telefone, o suposto Xiaomi Mi 11 Pro, possivelmente com tela de 120 Hz.

PS5 é lançado no Brasil; Sony libera venda só em lojas online

Após alguns dias de espera, o PS5 desembarca no Brasil; vendas estão disponíveis apenas em lojas online, por enquanto

O PS5 foi lançado oficialmente no Brasil pela Sony nesta quinta (19), apenas em lojas online. O novo console da empresa vem em dois modelos: Digital, vendido por R$ 4.199, e a versão padrão, que conta com leitor de discos físicos, por R$ 4.699. DualSense, Headset Pulse 3D, Câmera HD e outros acessórios também estão disponíveis.



PS5 chega ao Brasil com seus dois modelos (Imagem: Sony/Divulgação)
Foto: Tecnoblog
O console já foi lançado nos EUA, Austrália, Nova Zelândia, Japão, Singapura e Coreia do Sul, em 12 de novembro. O restante do mundo, assim como o Brasil, recebeu o aparelho apenas neste dia 19.

A Sony emitiu um comunicado pouco antes do lançamento, válido para todo o mundo, autorizando venda apenas em lojas online para evitar aglomerações, em virtude da pandemia de COVID-19. Assim, apenas lojas online teriam o aparelho nesta data, com estabelecimentos físicos recebendo em data posterior.

O PS5 foi anunciado pela primeira vez em abril de 2019, mas somente em outubro do mesmo ano tivemos os primeiros detalhes oficiais. A pré-venda brasileira começou em 17 de setembro, inicialmente com preços mais altos. Em 3 de novembro, o PS5 teve corte nos valores oficiais, graças a uma redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), anunciada pelo governo brasileiro.

Atualmente o console segue esgotado em algumas lojas, mas uma reposição deve ser feita pela Sony, em data a ser anunciada.

O que vem no console?
O PS5 acompanha cabos para conectar na TV e de força, além de um controle DualSense, o novíssimo joystick do aparelho.

O DualSense tem alguns diferenciais, além do design e de vir na cor branca por padrão. Os gatilhos adaptativos são o maior novidade, passando uma sensação de realismo ainda maior para quem segura o controle em mãos.

Como já citamos, a Sony ainda vende outros acessórios, além de controles DualSense adicionais, por R$ 469 cada.

Veja os preços dos outros acessórios:

PS Câmera HD: R$ 419
Controle remoto multimídia: R$ 199
Headset sem fio Pulse 3D: R$ 599
Hoje a versão padrão do PS5 custa US$ 499 nos EUA, contra os US$ 399 da Digital Edition. Os acessórios têm preços variados.

Alguns dos primeiros jogos já estão também disponíveis no mercado, em formato físico e digital, via PlayStation Store.

São eles:

Astros Playroom (Japan Studio): pré-instalado no PS5
Demons Souls (Bluepoint Games/Japan Studio): R$ 349,90
Marvels Spider-Man: Miles Morales (Insomniac Games): R$ 249,90
Marvels Spider-Man: Miles Morales Edição Ultimate (Insomniac Games): R$ 349,90
Sackboy Uma Grande Aventura (Sumo Digital/XDEV): R$ 299,90
Sem falar em games que são multiplataforma, de outras empresas, que também lançam e lançarão games no PS5.

Além disso, a Sony trouxe PlayStation Plus Collection para o Brasil. Esta coleção para assinantes da PS Plus, sem custo adicional aos usuários, reúne jogos como Bloodborne, God of War, Fallout 4, The Last of Us Remastered e Uncharted 4.

(Fonte: Felipe Vinha) - 19/11/2020
iPhone 13 Pro pode adotar tela LTPO da LG que usa menos energia

Sucessor de iPhone 12, iPhone 13 Pro pode trazer tela LTPO desenvolvida pela LG; componente consome menos energia do celular

A Apple deve levar incrementos ao display dos sucessores do iPhone 12 em 2021. Segundo o site sul-coreano The Elec nesta segunda-feira (9), o iPhone 13 Pro pode adotar a tela LTPO, produzida pela LG, que consome menos energia e economiza a bateria dos celulares. Os smartphones devem ser anunciados no final do ano que vem.


iPhone 12 Pro Max (Imagem: Divulgação/Apple)
Foto: Tecnoblog

iPhone 13 Pro pode ter tela LTPO da LG
As informações reveladas nesta semana dão mais pistas sobre os próximos iPhones. De acordo com o site sul-coreano, a Apple está planejando levar a tela LTPO da LG, tecnologia presente no Apple Watch Series 5 e Series 6, aos seus celulares, o que pode ajudar a reduzir o consumo de energia e poupar a bateria, por exemplo.

Além do novo painel, outros rumores sobre os sucessores do iPhone 12 vieram a público recentemente. É o caso da câmera ultrawide, que deve receber melhorias no ano que vem nas edições mais avançadas do smartphone da Apple de 2021, segundo o analista Ming-Chi Kuo nesta sexta-feira (6).

A Apple deve retomar a tradição de apresentar os novos celulares da marca em setembro de 2021, ainda de acordo com Kuo. Assim como em 2020, a companhia norte-americana deve apresentar quatro celulares no segundo semestre do ano que vem, todos com os mesmos tamanhos da família iPhone 12, que começará a ser vendida em novembro com preços entre R$ 6.999 e R$ 13.999.

Listando: 5 de 1361

Anuncie

Sobre o Portal da 25 de Março

O Portal da 25 de Março foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua Santa Ifigênia no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área doméstica em geral.